IMPLANTES DENTÁRIOS


O que são implantes dentários?

São parafusos de titânio que atuam como raízes (perdidas por cárie ou fratura) . Sua colocação pode ser feita nos ossos da mandíbula ou da maxila. Sua cicatrização ao osso (osseointegração) se dá em quatro meses na mandíbula e seis meses na maxila, podendo variar o tempo em cada caso. Em alguns casos, dependendo da fixação inicial do implante e do planejamento feito pelo dentista, podemos fazer ativação imediata (CARGA IMEDIATA), isto é, o implante e a prótese provisória são instalados nesta cirurgia.

Qualquer pessoa pode colocar implante dentário? É seguro?

Desde que a pessoa tenha condições de saúde adequada e osso disponível em quantidade e qualidade, qualquer indivíduo pode colocar implantes. Em relação à segurança, pesquisas mundiais indicam o sucesso de 98% no tratamento quando se segue o protocolo correto, portanto conclui-se que é um procedimento seguro.

Existe algum risco?
Geralmente não existem riscos na instalação de implantes dentários, a não ser aqueles riscos que estão ligados a qualquer procedimento de fundo cirúrgico. Na região posterior da mandíbula existe risco, pela proximidade do canal alveolar inferior, de parestesia (adormecimento) labial, podendo ser transitória ou permanente.

Eu fumo e quero colocar implantes, posso?
Pode, porém a probabilidade de sucesso diminui. O fato de a pessoa fumar faz com que ocorra uma pressão negativa dentro da boca, e dentre outros agravantes a liberação de hormônios, que faz diminuir a circulação do sangue na região. O ideal é que o paciente tenha uma conversa sincera com o profissional que irá executar o caso, para que todos os prós e contras sejam explicados.

Existe possibilidade do implante não se fixar ao osso?
Existe uma taxa de insucesso na colocação dos implantes permanentes e que, quando acontece do implante não osseointegrar (prender no osso), coloca-se outro em seu lugar, se possível. A taxa de insucesso dos implantes é menor que 10% e tem causas variáveis, que não dependem da vontade e nem da habilidade do cirurgião.

Se meu implante não se fixar ao osso ou sofrer algum tipo de fratura terei custo para removê-lo?
Cada procedimento realizado apresenta custos para sua realização, como a utilização de materiais necessários e a hora de trabalho dos profissionais envolvidos. Cada caso pode ser analisado em conjunto com o profissional e o paciente para se chegar a um valor.

Os implantes de carga imediata são uma realidade?
Podemos dizer que sim, desde que bem indicados os implantes podem ser utilizados sem menor problema, minimizando o tempo do tratamento consideravelmente. Discuta com o cirurgião os prós e contras, mas nem todo caso é possível a carga imediata.


Planejamento
Na SPA Dental Clinic seguimos rigorosos planos de tratamento partindo do planejamento protético, a fim de aumentar a previsibilidade estética de cada caso. Esta fase se dá pela análise geral do paciente por um exame clínico e exames complementares (se for o caso). O planejamento em alguns casos poderá ser feito também por fotos antes e durante o tratamento (se for o caso) a fim de documentação individual de cada paciente, necessitando das radiografias panorâmicas com traçados para implantes e tomografias computadorizadas, além dos exames de sangue (hemograma completo, glicemia, tempo de sangramento e tempo de coagulação).

Enxertos
São procedimentos feitos quando o paciente não tem osso suficiente disponível sobre a área desdentada para posterior instalação de implantes dentários. Este procedimento retarda o tempo de reabilitação protética, porém se faz necessário quando não há osso. Geralmente esse osso é retirado do próprio paciente, sendo também disponível em bancos de ossos e bio-materiais (osso sintético).Em caso de necessidade de enxertos durante a cirurgia, fica o paciente ciente que confia no julgamento do cirurgião para executá-lo ou não e que o custo deste enxerto deve ser pago separadamente do valor estabelecido da cirurgia de implante. No caso de dúvida converse com o cirurgião.

Colocação do implante dentário
Por meio de uma cirurgia, sob anestesia local ou sedação consciente ou inconsciente ( a depender do desejo e necessidade do paciente), um guia cirúrgico é colocado na boca do paciente e através dele serão executadas as perfurações ósseas com brocas especiais controladas por um motor computadorizado, que executa a rotação perfeita para o leito ósseo.

Reabertura dos implantes de carga não imediata
Dá-se pela segunda fase cirúrgica, entre quatro a seis meses depois da colocação do implante. Podendo, em alguns casos, ter um tempo maior de espera. É colocado um "cicatrizador" sobre o implante através de uma pequena abertura gengival.

Moldagem
É executada quando os contornos gengivais estiverem cicatrizados e apresentarem condições favoráveis a uma prótese provisória e/ou definitiva.

Prótese sobre implante
Pode ser provisória e/ou definitiva. A primeira, feita quando o planejamento necessita de um condicionamento gengival e planejamento maior do caso. A segunda, quando se conclui a reabilitação protética com um elemento definitivo sobre o implante. Todas as próteses estão sujeitas a fratura e algumas também ao desgaste pelo uso. Sua substituição gera custos e devem ser pagos pelo paciente quando for necessária sua troca.

Estética e função
Na maioria dos casos se consegue uma estética final harmônica e natural. Porém, em alguns casos a previsibilidade estética é mais desfavorável. A função obtida com implantes dentários é muito eficiente e confortável comparado ao uso de próteses fixas e próteses removíveis. A estética final não depende única e exclusivamente do ato profissional, sendo que a qualidade gengival, estrutura óssea presente e inflamações gengivais geradas pelo acúmulo de tártaro podem comprometer a estética em diferentes graus.

Manutenção
Assim como qualquer outro procedimento odontológico, a prótese sobre implante deve ser avaliada clínica e radiograficamente pelo menos uma vez ao ano, diagnosticando possíveis problemas que poderão colocar em risco a prótese e seus implantes de sustentação. As manutenções terão custo para os pacientes. Após algum tempo de instalada, a prótese sobre implante pode apresentar certa mobilidade; isso ocorre quando o parafuso de fixação da prótese no implante se solta (desrrosqueia ) devido a fadiga que o parafuso sofre com a mastigação. Quando esse fato ocorre, o paciente deve procurar o cirurgião dentista o mais. breve possível para que ele o aperte novamente. Próteses soltas por um longo período podem danificar a rosca interna do implante comprometendo sua manutenção.

Prótese fixa x Implante.

Overdentures - Próteses removíveis sobre implantes

Próteses tipo Protocolo fixa sobre implantes.